Oi gente!

O post hoje vai ser um pouquinho diferente do que eu costumos escrever no blog, mesmo assim ainda é um assunto muito válido. Vamos ser sinceros, quem aqui nunca levou marmita para o trabalho/faculdade? Acho que muita gente já salvou as sobras do jantar de domingo e aproveitou para fazer um lanchinho ou uma refeição.

Pois é, mas agora pretendo adquirir o hábito de levar marmitas para o trabalho. Eu notei algo bem interessante, mesmo quando eu vou nos famosos "kilos" aqui em SP eu costumo escolher bastante verdura, saladas e opto por carnes magras, como o peixe por exemplo; mas como dizem está tudo nos detalhes. Sempre que você vai pagar a conta lá está o balcão do caixa...cheio de docessss. O meu grande pecado são os doces, consigo tirar quse tudo da minha dieta, mas os doces...

Quem acompanha alguns blogs e blogueiras famosas fitness e ou que estão na onda fitness, sabe que muitas delas levam marmitas para os trabalhos, fotografias, viagens, etc... No começo eu pensei, pô mas é fácil! Essas meninas tem empregadas, gente que envie marmita fitness de graça, ganham muuuuuita comida saudável e basicamente a maior prioridade delas é cuidar da própria imagem, por isso a marmita também faz parte do trabalho.

Depois dessa reflexão revolts eu percebi que sempre alguém vai ter uma vantagem maior do que você e isso não é uma desculpa. Estou preparando marmitas para o trabalho e tenho que adimitir: estou gostando! Fiz uma listinha de dicas para quem quer fazer marmita.

Dicas

  • Programe-se: sim, você vai ter que reservar um tempo do seu dia para fazer sua marmita, seja acordando mais cedo ou indo dormir mais tarde. Do contrário, você pode acabar com um almoço feito de meio pedaço de frango e uma batata.

  • Ninguém conhece o seu paladar melhor do que você. Não adianta querer entrar na onda fitness e enfiar a batata doce e tapioca garganta abaixo, a experiência tem que ser prazeirosa.

  • Saiba combinar os ingredientes. Uma das coisas que acontece na marmita é que às vezes os ingredientes se misturam, então saiba que se você colocar verduras que tenham bastante água (como a abrobrinha cozida) a água desses alimentos vai deixar todos os outros molhado. Se você colocar na sua marmita algo com o sabor forte (tipo o bacon) saiba que tudo vai ficar com aquele aroma delicioso de bacon.

  • Não siga rotinas. O legal da marmita é que você pode variar do jeito que quiser, não faça a mesma coisa todo dia. Pegue o domingo e dê uma de chef na sua casa. Prepare uma receita mais elaborada e leve para se deliciar na sua marmitinha.

  • Faço disso uma experiência. Eu já disse isso antes e vou repetir: a marmita tem que ser prazeirosa. Seja criativo, invente, planeje e faça disso uma terapia do seu dia.

  • O material é muito importante. Você faz a refeição mais linda do mundo e quando vai olhar na sua bolsa, o tupperware abriu e quem acabou almoçando foi sua bolsa e não você. Ta aí um jeito de acabar com a animação de preparar marmitas não é? Tem vários modelos de marmitinhas super fofos vendendo por aí, mas tem os super tecnológicos, com divisórios, térmicos e que praticamente cozinham para você.

  • Inspire-se. Todas as fotinhos eu tirei do site Bento Monsters. Claro que eu nem sonho em fazer essa arte culinária, mas tem vários blogs de marmitas para você ter receitas e dicas.

Modelinhos de marmita

Achei a loja Bento Store e isso parece o paraíso das marmitas, os preços não são tão celestiais assim, mas quem pode pode não é mesmo?

Marmita Oots R$ 220,00 - Bento Store

Lancheira MB Treso R$ 170,00 - Bento Store

1 - Marmita MonBento Square R$ 221,00 - Bento Store

2 - Eco Meal Porta Alimentos R$ 71,50 - Tok Stock

Dica: Na liberdade tem várias marmitinhas para comprar e são bem baratinhas e estupidamente fofas.

E aí? Quem tá a fim de ser marmiteira??? Comentem!

;)

comments powered by Disqus